2009 - Apoio Financeiro aos Municípios - AFM

Ainda em relação ao FPM houve outra conquista relevante estimulada pela CNM nos anos recentes. Os anos de 2008 e 2009 foram marcados pela crise econômica mundial, que teve impactos na economia nacional, e na arrecadação financeira dos municípios brasileiros. Com a diminuição nos valores repassados do FPM, a situação econômica dos municípios era crítica, de modo que a Confederação pressionou o governo federal para reparar parte das perdas. Para atender a demanda apresentada pela entidade, a União anunciou em 2009 a instituição do Apoio Financeiro aos Municípios (AFM). O AFM significou a liberação de R$ 2,34 bilhões do Orçamento da União naquele ano.

A ajuda serviu apenas para manter o mesmo volume de repasse do ano anterior do FPM, o que com a correção da inflação era insuficiente. A CNM considerou a solução, porque levava em consideração apenas os valores nominais, sem acrescentar um índice de correção monetária. Novamente, o governo cedeu às demandas e decidiu repassar mais dinheiro para compensar a perda do FPM com a crise mundial.